Sobre

cup of cofee

 

Olá, bem vindo!

Caso precise entrar em contato comigo, pode usar o formulário de contato do site ou me enviar um email no deniro.diego@gmail.com.

Você também pode me encontrar no twitter e facebook. Eu uso algumas outras redes sociais (que vc pode ver no painel da esquerda, mas essas duas são as principais).

Se estiver procurando pelo meu portfolio profissional, acesse aqui ou me procure no linkedin.

 


 

Eu não vou conseguir escrever um ‘About’ . Sempre detestei ver o pessoal se gabando: Ah, eu sou isso, eu sou aquilo e tals. Não, eu não conseguiria escrever. O que fazer então?

😉

Pressionar os seus amigos para fazer eles falarem 🙂

—————————–

Eu: Me faz um Favor: Me fale de mim. Estou tentando escrever um ‘about’ e resolvi perguntar para quem conhece.

Bruno: Virge! Assim, de sopetão?

Eu: 😛

Bruno: Deixa eu pensar… O Trasgo é desenrolado, decidido.

Tipo se eu ligar pra ele e disser: “2 horas na catedral? Ele vai dizer: Beleza!

Também não é nada convencional. Gosta dos coisas alternativas: Winamp, Gtalk, Yamaha…

Hauhauhauahuah

E é daltônico, isso não se pode esquecer.

Eu: hehehehe

Bruno: Também resolve as coisas de uma maneira, digamos, original.

E é sempre parceiro pra toma uma breja, ou uma vodka, ou até um refresco de laranja.

—————————–

BrunoH: vc realmente é all around.

Eu: Sou?

BrunoH: O cara me mexe com trator, dá aula em informática pra qualquer técnico, quebras de psicológo, kung-fu, motoqueiro, programador, Nerd, Otaku, Metaleiro…

Eu: Hahahah… Mas pq essa constatacao? Lendo alguma coisa em especial que chegou a pensar nisso?

BrunoH: E precisa? Eu tô lá em casa e daí sobe a janelinha: “to a fim de uma moto”. Do nada.

Eu: Hahahahah.

BrunoH: E o diabo nem carteira tem. Daí alguns dias depois a moto está lá. Daí outro dia do nada: “to indo pra academia”. E eu nem sabia disso.

Eu: hahahahaha.

BrunoH: Você tem um pé em uma penca de coisas. vc é um cara que gosta de tudo mas não é o tipo que se especializa em uma coisa só ou apenas faz aquilo. Tipo se eu falar assim: “ei diego, quer aprender a fazer tal coisa?” você responde: “ooooopa, é nois.” Se fosse o especialista, nessas horas diria: “ah não, eu não sou bom com isso.”

BrunoH: Vai ver vc era um daqueles moleques que adoravam ser diferente.
– “Quer fanta dieguinho?”
– “Não.”
– “Quer coca?”
– “Não. Eu quero sprite zero. Tem?”

caminho.jpg