Arquivos Mensais: outubro 2005

Signfield

(Trasgo)

Signfield é uma série de TV americana, que trata sobre coisas do dia a dia. QUem tem tv a cabo, deve conhecer. Se alguém tiver os DVDs dela por aí, me avise que eu quero uma cópia.

Eu consegui o livro do cara (valew bobito!) e já mandei para o Walla
Login: brmafia
Senha: asdfgh

Abaixo vai um trecho do livro. Recomendo.

Vamos deixar claro uma coisa sobre lavagem a seco. Não existe.

Não existe isso de lavar a seco. Não há como lavar a seco, limpar a seco ou fazer qualquer coisa a seco. Seco não existe. Não tem nada ali. Não se pode usar, não se pode fazer nada com isso. Não está ali. Seco é nada.

A gente entra nessas lavanderias que têm um cartaz dizendo: “Lavagem a Seco”, e acha natural que eles tenham feito a gente engolir esse conceito absurdo. Se eu te desse uma camisa suja e dissesse: “Quero isso imaculado. E nada de líquidos!”, o que você faria? Sacudiria a camisa? Daria uns tapinhas nela? Pelo amor de Deus. Você mal consegue sujar alguma coisa a seco, imagine lavar. Sabe o que eu acho que é lavagem a seco? Eles pegam a roupa suja e botam naquele saco plástico no cabide. Isso é que é lavagem a seco.

Eu já tive um casaco de couro que se estragou na chuva. Mas como é que a água pode estragar o couro? As vacas não ficam lá fora quase o tempo todo? Será que quando está chovendo as vacas correm para a casa da fazenda: “Deixa a gente entrar! Estamos todas usando couro! Abra a porta! Vamos estragar nossa roupa!” E couro? “Eu sou couro! Tudo isso é couro! Não posso botar para lavar, é tudo que eu tenho!”

Eu fico tão cansado em ter de escolher roupa todo dia. Acho que muita gente vai concordar comigo: um dia não vai mais haver moda. Acho que, um dia, todos nós vamos vestir a mesma coisa. Porque toda vez que eu vejo um filme ou um programa na televisão onde há gente do futuro ou de outro planeta, eles estão todos usando a mesma roupa. Um dia eles decidiram: “Ora, chega disso. Daqui em diante, isso aqui é que vai ser nossa roupa. Um macacão prateado, com um decote em V, e botas. É isso aí. Vamos começar a visitar outros planetas e queremos parecer uma equipe.”

E por que vem aquele saquinho plástico com uns botõezinhos extras quando a gente compra um terno? Que tipo de psicopata guardaria esses botõezinhos, milhares deles, num gaveta enorme, para estar sempre preparado? “Onde está meu botãozinho?” Será tão difícil assim arranjar botões iguais aos do terno? “Você nunca vai encontrar botões como estes, por isso vamos te poupar o trabalho de ficar desesperado procurando.

Rockabilly

(Trasgo)


“- Pois o Diego parece aqueles Rockabilly, os BAd Boys dos Anos 50”

Eu ouvi essa no almoço hoje. Rockabilly. Claro que foi dito com o intuito de ridicularizar, ou tirar sarro. Mas avaliando as figuras, eu acabei foi ficando feliz com a comparação. O Elvis é um Rockabilly. Precisa de mais?

Do Wikipedia: Rockabilly é um dos inúmeros gêneros do rock and roll. Esse estilo musical tornou-se conhecido durante os anos 50 devido à artistas norte-americanos. Durante aquela década o gênero foi impulsionado por batidas atrativas, guitarras e violoncelos que eram tocados usando a técnica slap-back (ato de bater nas cordas, ao invés de puxá-las individualmente).

Em 1954 entretanto, um cantor chamado Elvis Presley iniciou a verdadeira popularização do gênero com uma série de gravações lançadas pela Sun Records. “Rock Around The Clock”, sucesso lançado por Bill Haley em 1955, foi o ponto de partida do estilo, e catapultou as carreiras de diversos artistas de rockabilly. O rockabilly também é o estilo usado nas primeiras gravações de Buddy Holly.

Bandas atuais de rockabilly usam em suas apresentações componentes teatrais característicos do gênero: penteados exagerados, roupas e atitudes de “bad boys”, truques com o violoncelo e letras sobre automotivos e relacionamentos amorosos.

Tá certo. Não é o tipo de Bad Boy que eu pensei ser. Primeiro pq eu já desisti desse papo de ser bonzinho. É chato. Agora eu vou ser malfeito picapau. Claro que eu tenho planos de ficar igual ao Ben do Full throttle,

e, mais para frente evoluir para esse cara aqui… ou para esse. Mas são planos para o futuro.

Cybercops BGM Collection e OST

(Trasgo)

Hoje teremos mais um lançamento raridade. Material de Primeira !

Cybercops BGM Collection


CyberCops BGM Collection – 01 Ichirou Niita – Open Title
CyberCops BGM Collection – 02 Ichirou Niita – ZAC No Nitijou
CyberCops BGM Collection – 03 Ichirou Niita – Kessen!
CyberCops BGM Collection – 04 Ichirou Niita – Lucifer
CyberCops BGM Collection – 05 Ichirou Niita – Eye Catch
CyberCops BGM Collection – 06 Ichirou Niita – Destrap
CyberCops BGM Collection – 07 Ichirou Niita – Hishimi
CyberCops BGM Collection – 08 Ichirou Niita – Mirai No Kioku
CyberCops BGM Collection – 09 Ichirou Niita – Shouri
CyberCops BGM Collection – 10 Ichirou Niita – ZAC
CyberCops BGM Collection – 11 Ichirou Niita – Aku!
CyberCops BGM Collection – 12 Ichirou Niita – Sentou
CyberCops BGM Collection – 13 Ichirou Niita – Shukkin!
CyberCops BGM Collection – 14 Ichirou Niita – Yokoku

Cybercops é um clássico da Manchete! A Coleção de Musicas de Fundo nada mais é do que aquelas musicas que tocava no fundo dos episodios, quando eles saiam investigar, ou quando apareciam os integrantes da Destrap.

Parte 1
Parte 2

Cybercops OST


Cybercops OST – 01 – Hiroshi Nishikawa – Ashita E No Sakebi Cyber
Cybercops OST – 02 – Norio Sakai – Honoo no Messeji
Cybercops OST – 03 – Norio Sakai – Let It Go
Cybercops OST – 04 – Mika Chiba – Into The Night
Cybercops OST – 05 – Mika Chiba – Brand New Tomorrow
Cybercops OST – 06 – Tsuioku no Jupiter
Cybercops OST – 07 – Mika Chiba – Shooting Star (Encerramento)
Cybercops OST – 08 – Mika Chiba – Shooting Star – Versao 2

Esta coleção aqui são só as músicas Cantadas.

Parte 1
Parte 2

ADENDO
Encontrei as Músicas que faltavam na Jaspion BGM Collection e na Jaspion OST Brasil. Os Links estão abaixo. Missão Cumprida!
Faixa 11 – BGM Collection
Faixa 02 LADO A – OST Brasil
Faixa 02 LADO B – OST Brasil