Arquivos Mensais: janeiro 2013

Leituras 2013 (022/365) : The art of the Matrix

000cara

A maior surpresa até o momento. Peguei o livro sem a menor expectativa e adorei. É demais!

Ele é um livro que conta sobre o desenvolvimento do primeiro Matrix. Ele mostra como os wachowsky (deve estar escrito errado 😛 ) brothers resolveram aplicar a experiência deles em quadrinhos e produzirem um story board do filme em uma HQ.

O livro mostra centenas de imagens da concepção do storyboard, com comentários dos próprios artistas. E eles coisas legais, como foi o trabalho, o que eles esperavam, como esse filme era diferente desde a venda da ideia pros executivos da Warner.

E o livro segue mostrando imagens de você babar só por saber que foram feitas muito antes do filme ser rodado e por você ver que certas cenas ficaram iguaizinhas. Vai clicando nas imagens aí:

035063

062071

168463

E, como se não pudesse ficar melhor, o livro ainda traz uma copia completa de uma versão do roteiro inicial do filme.

279

E várias artes conceituais, que foram feitas quando as ideias ainda estavam nascendo.

259

251a

Levei alguns dias para conseguir termina-lo, mas valeu muito a pena. O livro é altamente recomendado!

 

The Art of The Matrix

  • 468 páginas
  • Editora: NewMarket Press
  • Idioma: Inglês

Leituras 2013 (021/365) : Goosebumps – O Parque do Terror

goosebumps

Goosebumps é uma série de livros de terror, feita para adolescentes. Tive esse livro quando era um e topei com o ebook. Aproveitei para reler.

É uma leitura pipoca. Tem alguns trechos muito legais, mas na sua maioria é para adolescentes mesmo. O enredo é de uma família que cai em um parque de diversões estranhão e eles se aventuram ali. O tchans da historia é ser tipo aqueles episódios do contos da cripta: vc não sabe aonde acaba a brincadeira e aonde é real.

Goosebumps – O Parque do Terror – R. L. Stine

  • 150 páginas
  • Editora: Fundamento
  • Idioma: Português

Leituras 2013 (020/365) : Mai a Garota Sensitiva (07 e 08)

Mai, a garota sensitiva 07 - pag 001Mai, a garota sensitiva 08 - pag 001

Depois do momento DBZ na ultima edição, o mangá segue com outros novos vilões que tentam derrotar Mai.

Os acontecimentos das ultimas edições recuperar a correria das duas primeiras, e a historia fecha muito bem. É um mangá muito bom, bem desenhado e com uma historia bem amarrada. Recomendo!

Mai, a garota sensitiva 07 - pag 019Mai, a garota sensitiva 07 - pag 110

(daqui pra frente tem Spoilers, se não quiser vê-los pare por aqui)

Mai, a garota sensitiva 08 - pag 121Mai, a garota sensitiva 08 - pag 140

Fato é: O espírito DBZ atropelou o mangá e o ultimo volume é quase todo de briga no céu. Tirando isso, eu gostei bastante, mas acho que a vilã poderia ter durado até a ultima edição. Aqueles outros 3 psiônicos que apareceram não tiveram carisma nenhum e não acrescentaram nada na história.

Mas mesmo assim eles não conseguiram estraga-la. O mangá termina muito bem, com uma liçãozinha de moral de “vamos preservar o planeta” e ganha o selo de recomendado. A espera de anos para ler valeu a pena sim!

O link está ali embaixo, para quem quiser.

Mai A Garota Sensitiva (edições 07 e 08)

  • média de 150 páginas por edição
  • Editora: Abril Jovem
  • Idioma: Português
  • Disponível no Onomatopeia Digital

Leituras 2013 (019/365) : Mai a Garota Sensitiva (05 e 06)

Mai, a garota sensitiva 05 - pag 001Mai, a garota sensitiva 06 - pag 001

Seguindo o Mangá da Garota Sensitiva, as edições 05 e 06 deram uma esfriada no ritmo e servem para construir a vilã da historia, a outra psy. Rapaz, a garota é malvada mesmo. Dá uma olhada nisso:

(daqui pra frente tem Spoilers, se não quiser vê-los pare por aqui)

Mai, a garota sensitiva 05 - pag 043Mai, a garota sensitiva 05 - pag 044

E na edição 06 começa o confronto entre elas, e Mai reencontra o Pai.

 

Mai, a garota sensitiva 06 - pag 015Mai, a garota sensitiva 06 - pag 094

Não gostei muito do confronto ser meio dragon ball, com as garotas voando pela cidade. Passar no enredo, até passa. Mas eu achei que ia ser uma coisa mais mental e menos tokusatsu.

 

Mai A Garota Sensitiva (edições 05 e 06)

  • média de 150 páginas por edição
  • Editora: Abril Jovem
  • Idioma: Português
  • Disponível no Onomatopeia Digital

Leituras 2013 (018/365) : Mai a Garota Sensitiva (03 e 04)

Mai, a garota sensitiva 03 - pag 001Mai, a garota sensitiva 04 - pag 001

Seguindo o Mangá da Garota Sensitiva, as edições 03 e 04 me surpreenderam por não terem perdido o ritmo das duas primeiras. O enredo continua com pique e a história continua interessante.

Outra coisa que eu comecei a ficar encucado foi com o traço. Eu tenho impressão que já conhecia esse desenhista, ou eu já tinha lido esse mangá e não lembrava. Pesquisando, descobri que além do Mai ele desenhou o Crying Freeman outro mangá que eu gostei bastante.

(daqui pra frente tem Spoilers, se não quiser vê-los pare por aqui)

Mai, a garota sensitiva 03 - pag 015Mai, a garota sensitiva 03 - pag 087

A edição 03 continua com Mai fugindo das organização Kaiyeda e termina com Mai se rendendo a eles.

E na edição 04, Kaiyeda se mostra um velhinho legal, ele estava tentando proteget Mai. E uma psy antagonista é apresentada.

Mai, a garota sensitiva 04 - pag 027Mai, a garota sensitiva 04 - pag 109

a série continua indo bem!

Mai A Garota Sensitiva (edições 03 e 04)

  • média de 150 páginas por edição
  • Editora: Abril Jovem
  • Idioma: Português
  • Disponível no Onomatopeia Digital

Leituras 2013 (017/365) : Mai a Garota Sensitiva (01 e 02)

Mai_01_AA_001_capaMai, a garota sensitiva 02 - pag 001

Vários anos atrás comprei um dos volumes de Mai A Garota Sensitiva em  um sebo. Adorei, mas infelizmente nunca achei os outros.

E também vários anos atrás, Mai a Garota Sensitiva foi o primeiro HQ/Mangá  que eu peguei na Internet, no grande Rapadura Açucarada.

Só que, eu levei tipo uns 6 anos para ler. Eu sei, eu sei. 6 anos (ou mais, provavelmente). O arquivo é de 16-06-2006. Nussa.

De qualquer forma, agora vai!

A série é sobre uma colegial japonesa que começa a desenvolver poderes psiônicos e atrai a atenção de uma grande organização oculta, que controla o mundo. O enredo é bem legal e envolvente e o que chama a atenção é o traço. Os desenhos são muito bons!

Mai_01_parte-06_143Mai, a garota sensitiva 04 - pag 027

dá uma olhada no traço!

Mai_01_parte-04_102Mai_01_parte-05_128-129

Como não poderia deixar de ser, em um mangá sempre tem artes marciais e uns caras estranhos. E nesse não é diferente. Olha o tamanho da criança ali.

(daqui pra frente tem Spoilers, se não quiser vê-los pare por aqui)

Na primeira edição, conhecemos Mai a garota com poderes psiônicos. Mai é apenas uma colegial. E uma organização que controla secretamente o mundo sabe da existência dela e quer rapta-la. Para isso, essa organização contrata uma agencia japonesa de espionagem para pegar a garota. Então ela e o Pai fogem pelo Japão para tentar escapar.

O Pai mostra grandes dotes de artes marciais e a Mai acaba perdida e sozinha.

Mai, a garota sensitiva 02 - pag 019Mai, a garota sensitiva 02 - pag 139

Na segunda edição Mai é encontrada por um universitário que resolve ajuda-la. Mai continua fugindo e descobre que seu poder pode ser usado para diversão (ela ajuda um cara a ganhar nas máquinas de pachinko) ou para a destruição (ela causa um mega acidente tentando salvar um cachorro de ser atropelado).

Estou gostando bastante da série. Recomendo!

Mai A Garota Sensitiva (edições 01 e 02)

  • média de 150 páginas por edição
  • Editora: Abril Jovem
  • Idioma: Português
  • Disponível no Onomatopeia Digital

Leituras 2013 (016/365) : Conai Rei (07 e 08)

conan rei 7conan rei 8

Então chegamos nas duas ultimas edições de Conan Rei publicadas no Brasil.

Na edição 07 vemos Conn brigando com o Pai, saindo em aventura sozinho e aprendendo algumas lições de vida, para ao final se reunir com Conan novamente.

A edição 08 eu realmente não gostei. É uma maluquice, porque parece que faltam pedaços do enredo. Não sei, pode ser coisa da minha cabeça, mas parece que tá incompleta. Ficou muito estranho. Li 2x e não entendi a historia, para vocês terem idéia.

 

Conan Rei  (edições 07 e 08)

  • média de 80 páginas por edição
  • Editora: DC Comics
  • Idioma: Português

Leituras 2013 (015/365) : Conan Rei (05 e 06)

conan rei 5conan rei 6

Voltamos com as aventuras do Conan Rei.

As edições 05 e 06 são mais fracas que as duas anteriores, mas ainda assim possuem duas histórias legais. Na edição 05 Conan encontra um bárbaro que lembra muito ele na Juventude (inclusive é nessa edição que mostra o Conan saindo disfarçado para beber).

RC_6_p44

E na edição 06, Conan encontra o primeiro o demônio que matou o primeiro Rei da Aquilonia e o enfrenta. É uma historia maluca, mas interessante.

Conan Rei  (edições 05 e 06)

  • média de 80 páginas por edição
  • Editora: DC Comics
  • Idioma: Português

Leituras 2013 (014/365) : A Queda do Morcego (114/114)

BMNKE 000BMNKE 239

No arco final da saga, Bruce Wayne volta a Gotham e vai tentar recuperar a forma física e a coragem de outrora.

Dizem que se passaram mais ou menos 8 meses entre a queda e o retorno, então dá para imaginar como está o corpo e o espírito do verdadeiro Batman.

Os encontros dele com o novo Batman acabam descambando para pancadaria, já que Jean Paul se transformou num maluco porradeiro e que nunca tira a roupa, nem para dormir. Até o Asa Noturna se mete na briga para ajudar o Batman a deter o Jean Paul.

BMNKE 259BMNKE 260

E, como era de se esperar, o Batman não vence o Jean Paul na porrada. O Azrael é muito mais forte, e tem uma armadura muito mais combativa que o Morcego Original. Então Batman percebe que somente retirando a armadura do Azrael fará ele voltar a si e arma um plano para que ele tenha que fazer isso.

Legends of the Dark Knight 063.pdf-022Legends of the Dark Knight 063.pdf-023

Legends of the Dark Knight 063.pdf-024Legends of the Dark Knight 063.pdf-025

Esse final de saga mostra bem o ditado que diz que quem olha demais para a escuridão acaba sendo influenciado por ela. O simbolismo dele fazer o Azrael retirar o capacete e na mesma hora ele voltar a si mostra isso.

A saga não termina aqui, ainda tem mais umas edições da mulher gato que são irrelevantes. Mas é isso: Bruce Wayne se curou da Paralisia (ao custo da sanidade da curandeira), Bane virou um bundão, Azrael (que eu acho um personagem sensacional) virou um maluco e só.

 

Parte 3: Retorno do Morcego
Batman – A Queda do Morcego – 100 Mulher-Gato V2 10
Batman – A Queda do Morcego – 101 Mulher-Gato V2 11
Batman – A Queda do Morcego – 102 Batman #509
Batman – A Queda do Morcego – 103 Batman – Shadow of the Bat #029 (1994)
Batman – A Queda do Morcego – 104 Detective Comics #676
Batman – A Queda do Morcego – 105 Legends of the Dark Knight 062
Batman – A Queda do Morcego – 106 Robin v2 #008
Batman – A Queda do Morcego – 107 Mulher-Gato V2 12
Batman – A Queda do Morcego – 108 Batman #510
Batman – A Queda do Morcego – 109 Batman – Shadow of the Bat #030
Batman – A Queda do Morcego – 110 Detective Comics #677
Batman – A Queda do Morcego – 111 Legends of the Dark Knight 063
Batman – A Queda do Morcego – 112 Robin v2 #009
Batman – A Queda do Morcego – 113 Catwoman v2 #013
Batman – A Queda do Morcego – 114 Showcase’94 10 (de 12)

média de 20 páginas por edição
Editora: DC Comics
Idioma: Português

Leituras 2013 (013/365) : A Queda do Morcego (99/114)

BMNKQ 720BMNKQ 796

Nessa fase da Cruzada do Morcego, temos 3 pontos importantes. O novo Batman realmente se mostra um maluco e mata um cara.

 BMNKQ 716

Depois disso, Robin e o comissário Gordon acabam brigando com ele. Robin leva outra surra e o comissário quase é atirado do topo do prédio. Gordon não sabe que esse Batman não é o mesmo morcego do qual ele é amigo, mas desconfia e fica puto. Chega até a quebrar o Bat Sinal.

BMNKQ 735BMNKQ 736

Já Bruce Wayne continua na investigação atrás de sua médica e acontecem algumas coisas importantes: Alfred pede demissão e larga do Wayne, por discordar das maluquices que ele anda fazendo.

Bruce quebra de vez a coluna, não podendo mais se mexer, a médica se mostra uma super-humana com poder de cura, eles acabam matando o vilão desse arco (sim, matando) e a médica resolve curar o Bruce.

No processo de cura, a espinha de Bruce Wayne é reconstituída pelos poderes da médica, que regride à idade mental de uma criança. Wayne resgata ela e também o pai do Robin e retorna para Gotham.

Batman – A Queda do Morcego – 072 Batman – Shadow of the Bat #024
Batman – A Queda do Morcego – 073 Detective Comics #670
Batman – A Queda do Morcego – 074 Detective Comics #671
Batman – A Queda do Morcego – 075 Detective Comics #672
Batman – A Queda do Morcego – 076 Detective Comics #673
Batman – A Queda do Morcego – 077 Mulher-Gato V2 05
Batman – A Queda do Morcego – 078 Catwoman v2 #006
Batman – A Queda do Morcego – 079 Batman #503
Batman – A Queda do Morcego – 080 Batman #504
Batman – A Queda do Morcego – 081 Catwoman v2 #007
Batman – A Queda do Morcego – 082 Batman #505
Batman – A Queda do Morcego – 083 A.Queda.do.Morcego.83.de.114.Shadow.of.the.Bat.25
Batman – A Queda do Morcego – 084 Batman #506
Batman – A Queda do Morcego – 085 Batman #507
Batman – A Queda do Morcego – 086 Batman – Shadow of the Bat #026
Batman – A Queda do Morcego – 087 A.Queda.do.Morcego.87.de.114.Shadow.of.the.Bat.27
Batman – A Queda do Morcego – 088 Detective Comics #674
Batman – A Queda do Morcego – 089 Batman #508
Batman – A Queda do Morcego – 090 Showcase’94 05 (de 12)
Batman – A Queda do Morcego – 091 Robin v2 06
Batman – A Queda do Morcego – 092 Showcase’94 06 (de 12)
Batman – A Queda do Morcego – 093 Showcase’94 07 (de 12)
Batman – A Queda do Morcego – 094 Batman – Shadow of the Bat #028
Batman – A Queda do Morcego – 095 Detective Comics #675
Batman – A Queda do Morcego – 096 Batman – Legends of the Dark Knight #059
Batman – A Queda do Morcego – 097 Batman – Legends of the Dark Knight #060
Batman – A Queda do Morcego – 098 Batman – Legends of the Dark Knight #061
Batman – A Queda do Morcego – 099 Robin v2 07

  • média de 20 páginas por edição
  • Editora: DC Comics
  • Idioma: Português