Arquivos Mensais: fevereiro 2015

Resident Evil 0

Um título exclusivo da Nintendo, que saiu primeiro para Nintendo Gamecube (2002) e depois para Wii. Esse game saiu após o Resident Evil: Code Veronica e é talvez o último game da Franquia a possuir a “atmosfera” clássica de survival horror.

O enredo é para ser um “prequel” contando parte da historia do que aconteceu antes dos eventos mostrados no primeiro Resident.

Foi um game originalmente planejado pro Nintendo 64, mas que foi adiado e que saiu pro Gamecube. Ele conta com duas grandes novidades: O Sistema de Troca de Personagens e a ausência de baús.

O Sistema de Trocas de Personagem permite que o jogador controle os dois personagens, podendo alterar a hora que quiser entre eles. Isso abriu possibilidades para uma nova gama de Puzzles, aonde um personagem fica controlando um switch enquanto o outro corre fazer o evento. Confira comigo:

(desculpem a qualidade dos videos :P)

Repare na hora que a tela faz um efeito de batimento cardíaco. Isso aparece ao apertar o botão de troca.

Também é possível mandar um personagem ficar parado e sair sozinho com o outro. Durante o jogo, quando o parceiro está no modo Time, algo como um siga-me, ele apenas segue o primeiro personagem e a CPU, ao encontrarem inimigos, o controla para atirar. Mas o tempo de reação dele é bem fraco.

Outra grande mudança da série foi com relação ao inventário. Os baús de armazenar itens não existem aqui. O que existe é a opção de “soltar” qualquer item em qualquer lugar. Ao voltar depois, o item continuará lá. O que é mais real, mas também é mais chato, porque as vezes ficamos sem espaço no inventário pessoal, largamos um item em um ponto do mapa que iremos precisar depois. Aí temos que dar a maior volta para recuperá-lo. Mas funciona muito bem.

Itens abandonados também ficam marcados no MAPA, então é fácil saber aonde foi que vc jogou aquele item que agora vc precisa. Eu me acostumei a sempre deixar itens no Hall principal do game, então eu sempre sabia aonde eles estavam.

É um jogo com inimigos clássicos da série como zumbis, hunters, cachorros, aranhas, e insetos. Também temos a presença do Tyrant que faz algumas pontas. O que eu também achei bacana é que vc passa por alguns cenários do Resident Evil 2, além é claro, da mansão desse game lembrar MUITO a mansão do Resident Evil 1.

Agora, nem tudo são flores. O game é LENTO. Ele aparenta ter um sério problema de ritmo. Demora para ficar legal, depois volta a ficar booooooring, depois volta a ficar legal e fica alternando assim. Outro problema: O seu personagem, e o parceiro controlado pela AI, tem um problema sério de tempo de reação. O monstro aparece, vc aperta o botão de tiro e parece que leva uma eternidade entre o seu personagem executar o comando.

Desviar de golpes de inimigos então, esqueça. Isso é uma coisa que não dá pra fazer aqui. Ficar rodando em volta do Tyrant para desviar dos golpes? Não dá. Usar o comando de virar rápido e fugir de um monstro? Não dá. Pegar um Hunter com tiro em pleno salto? Esqueça.

Outro ponto negativo relacionado à lentidão: Praticamente não existe munição. O que é um saco ter que ficar economizando. O que é terrível quando vc tem um personagem que não desvia direito dos monstros.

Mas não se enganem: É um jogo bom. Um resident evil clássico, que sofreu crise de popularidade por nunca ter saído pra playstation. Um game que vale a pena jogar sim, nem que seja apenas o trecho do trem.

É um game longo, aonde o Ranking “S” está com limite em 03:30h. Então reserve um bom tempo para brincar com ele. Além disso pelo problema com munição e personagens é um game difícil. Talvez o Resident Evil mais difícil que eu joguei até agora.

Comecei a jogar ele no Wii, mas estava morrendo demais. Lembra que eu disse que era difícil?  Aí abandonei por meses. Nesse último feriado resolvi rodar ele no emulador Dolphin. Não ficou 100%, mas ficou jogável.

GBZE08-19

A missão de fechar todos os jogos principais da franquia havia sido pausada. Mas agora estamos de volta. Infelizmente, não são todos os games que eu fiz comentários e tirei foto do tempo final, então não são todos que terão links. Desculpem. Pelo meu log, estamos assim:

√ Resident Evil 1 (PS) / Resident Evil 1: Director’s Cut (PS)
√ Resident Evil 2 Dual Shock (PS)
√ Resident Evil 3: Nemesis (PS)
√ Resident Evil ZERO (NGC)
√ Resident Evil Remake (NGC)
√ Resident Evil Code Veronica X (NGC)
√ Resident Evil 4
√ Resident Evil 5

Resident Evil Revelations
Resident Evil 6
Resident Evil Operation Raccoon City
Resident Evil Remake (HD)

Objetivo do trabalho

Prezado aluno, blablablablabla yada yada yada, também faltou informar claramente qual é o OBJETIVO desse seu artigo.

Aí que eu recebi um comunicado assim sobre um artigo científico. Estou aqui pensando, será que pega mal falar a verdade, igual ao Dr. Gori?

(reparem em quem dubla do Dr. Gori)